Secretaria de Serviços dá início nesta quinta ao primeiro teste de conceito do Projeto Praças Digitais

A Praça Dom José Gaspar será a primeira a abrir o sinal wi-fi, as demais estarão em funcionamento até o final deste ano

Imagem do post
 A Secretaria de Serviços, através da Coordenadoria de Conectividade e Convergência Digital, irá realizar nesta quinta-feira (01/08), às 14h, um teste de conceito do Projeto Praças Digitais. O secretário municipal Simão Pedro estará na Praça Dom José Gaspar (Centro) para abrir o sinal de wi-fi livre e gratuito para ser testado pela população. O padrão a ser testado foi estabelecido pela Secretaria e pela Prodam para a prestação do serviço público de wi-fi nas 120 Praças Digitais (Meta no. 58 do Programa de Metas 2013-2016 da Prefeitura).
O teste será realizado com a colaboração da Idea – Planejamento de Redes Metropolitanas. A Idea vai deixar o sinal aberto na Praça Dom José Gaspar até que o prestador de serviço a ser escolhido pela licitação das Praças Digitais inicie a instalação de sua rede – a Dom José Gaspar é uma das 120 praças onde a prefeitura vai implantar o projeto. O teste também vai permitir avaliar o prazo necessário para instalar equipamentos e conexão em uma praça.
Seus principais itens são os seguintes;
. conexão de 512 kbps efetivos por usuário, para download e upload;
. qualidade, estabilidade e garantia de banda que contemplem diversos usos da internet, inclusive streaming, voz sobre ip e video;
. infraestrutura que assegure o acesso à internet por meio de dispositivos de diversos tipos, como smartphones, tablets, notebooks, netbooks;
. um sistema de gestão que permita detectar e evitar possíveis incidentes e cumprir determinações legais e judiciais;
. a neutralidade não pode ser quebrada. O prestador de serviço não está autorizado a filtrar o tráfego por ip de origem ou de destino, por aplicação ou por conteúdo, exceto para cumprir legislação em vigor;
. medição da estabilidade, disponibilidade e capacidade da banda por meio do SIMET - Sistema de Medição de Tráfego Internet, disponível pela internet para qualquer usuário; e pelos SIMET - Boxes desenvolvidos pelo NIC.br e doados ao projeto Praças Digitais.
A Coordenadoria de Conectividade e Convergência Digital vai acompanhar o teste e, durante toda sua duração, coletar os dados gerados pelo sistema de gerenciamento da Idea e pelo SIMET, além de receber contribuições e sugestões dos usuários pelo Twitter (@wifi_livre) e pelo Facebook (Wifi_Livre) do projeto.
O que são as Praças Digitais?
A iniciativa da Prefeitura, uma parceria da Secretaria de Serviços com a PRODAM busca levar o acesso à internet para as principais praças de cada Subprefeitura e para marcos simbólicos da cidade. A ação encoraja a cidadania por meio da inclusão digital.
O número de localidades públicas atendidas é de 120 distribuídas entre os 96 distritos da capital. A disponibilidade dos serviços será divida conforme a demanda do local, regiões consideradas críticas com grande circulação de pessoas terão uma cobertura de 99% com eventos esporádicos e o restante não-crítico é de 96%. Posteriormente outras praças podem ser consideradas críticas também.
A velocidade mínima da internet gerada é de 512kbs e tem uso irrestrito para qualquer cidadão que tenha um dispositivo compatível com o sistema wi-fi. A velocidade da conexão será medida pela NIC.BR em parceria com a Secretaria de Serviços. O Sistema de Medição de Tráfego de Última Milha (Simet) a ser instalado nas praças é o instrumento que atestará o nível da conexão.
Reações:

0 comentários: